Quem Somos

Crescimento sustentável

 

Há 25 anos, os irmãos Romero e Heliton aproveitaram a produção leiteira da propriedade rural da família, localizada em Lima Duarte, para fundar a empresa de laticínios Sabor da Serra. Nessa época, com o trabalho de quatro funcionários, 700 litros de leite eram utilizados diariamente na produção dos queijos prato, minas padrão, parmesão e mussarela, comercializados em Juiz de Fora.

 

Em 1997, Robson Paula Valle, filho de Romero, começou a trabalhar na empresa. Oito anos depois, tornou-se um dos sócios e passou a integrar a diretoria, posição que ocupa até hoje. “Nossa empresa cresceu muito. A linha de produção ganhou maquinários modernos e nossa gama de produtos aumentou significativamente. Mas ainda preservamos parte do processo de produção artesanal, que é considerado um diferencial de mercado. Hoje, produzimos vários tipos de queijo, leite, manteiga, creme de leite, ricota, além dos requeijões, que representam 30% do nosso faturamento”, conta.

 

O mercado da Serra do Sabor também foi ampliado. Hoje, os produtos são comercializados nas regiões mineiras Campo das Vertentes, Zona da Mata, Triangulo Mineiro, Sul de minas, Belo Horizonte capital, Rio de Janeiro capital e Regiao serrana do RJ. “O ano de 2008, foi quando demos o maior salto. Deixamos de ser uma marca regional para conquistar novos mercados. Aumentamos a nossa produção, investimos na empresa e adquirimos novos veículos. No início, tínhamos uma caminhonete para coletar o leite e uma Kombi para fazer a entrega. Agora, contamos 82 funcionários e com 18 caminhões, que cumprem toda a logística.”

 

Dos 35 mil litros leite usados diariamente na produção, cerca de 90% é comprado diretamente de pequenos produtores rurais da região. “Cada produtor fornece cerca de 115 litros por dia. Esse leite, por não vir de gado de alta produção, tem teores mais altos de proteína e gordura, o que é uma característica positiva. Consideramos os produtores rurais nosso maior patrimônio e trabalhamos com muita união, sempre apoiando o trabalho deles e buscando alternativas para melhorar a propriedade e a produtividade de cada um”, diz.

A expectativa para este ano é aumentar o faturamento em 13%. “ Tudo está bem planejado para que o crescimento seja sustentável”.

 

 

 

5.890

Vacas Ordenhadas

39.000

Litros de Leite Processados por Dia

390

Produtores Rurais